PorkWorld - O Mega Portal da Suinocultura Brasileira

Começa Workshop Internacional sobre Pecuária e Clima

Pesquisadores e profissionais de vários países debatem em Campinas (SP) a sustentabilidade ...

Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2015 às 13h58

Começa Workshop Internacional sobre Pecuária e Clima
Começa Workshop Internacional sobre Pecuária e Clima
Começa Workshop Internacional sobre Pecuária e Clima

...da cadeia produtiva do agronegócio brasileiro e mundial, na Embrapa Informática Agropecuária.

A importância do trabalho de mensuração dos impactos causados pelos diversos sistemas de produção de grãos e carnes no clima, ar e solo. Os novos tipos de equipamentos utilizados hoje por cientistas de todo o mundo para se chegar a medições mais reais na emissão de gases. E como o agronegócio pode incrementar ainda mais a produção de alimentos e, ao mesmo tempo, contribuir para o equilíbrio ambiental do planeta. Estes foram os temas que dominaram a primeira manhã de debates do Curso e Workshop Regional em Produção Animal e Mudanças Climáticas, promovido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) de Informática (Campinas - SP) e Pecuária Sudeste (São Carlos - SP). O evento prossegue até quarta-feira, na sede da Embrapa Informática Agropecuária, em Campinas, no campus da Unicamp, reunindo quase cinquenta mestres, doutores e pesquisadores de diversos estados brasileiros, Argentina, Uruguai, Peru, Venezuela, Chile, Colômbia, Equador e Índia. E antecede o Workshop Internacional de Produção Animal e Mudanças Climáticas, que vai ser realizado no mesmo local, dias 12 e 13, para o exame das principais informações envolvendo o projeto de pesquisa AnimalChange, que agrupa cientistas da Europa, África, Ásia e Brasil na discussão sobre a produção animal sustentável e a emissão de gases de efeito estufa em várias regiões do planeta. O projeto é liderado no Brasil pela Embrapa de Campinas e integrado pelos outros institutos espalhados no país: Agrobiologia (Seropédica – RJ), Amazônia Ocidental (Manaus – AM), Amazônia Oriental (Belém – PA), Cerrados (Planaltina – DF), Gado de Corte (Campo Grande – MS), Pantanal (Corumbá – MS) e Pecuária Sudeste (São Carlos – SP).

A abertura coube a Dra. Silvia Massruhá, chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Informática Agropecuária. Na sequência, o pesquisador da Embrapa Informática, Dr. Luís Gustavo Barioni, falou sobre os desafios da produção animal no contexto das mudanças climáticas. “O Brasil hoje é um dos países mais avançados nesta questão, que é relativamente nova no mundo. Por isto promovemos este workshop que, certamente, é um dos pioneiros sobre o tema no nosso país e em toda a América Latina”, destacou Luís Barioni. Ele frisou ainda que o trabalho da Embrapa é transferir conhecimento, incentivar pesquisas e parcerias, capacitar os profissionais envolvidos em estudos que ligam a atividade econômica na zona rural e o clima no mundo. “Este aspecto é interessante porque o objetivo é juntar os dois elos, centros de pesquisa e o setor altamente produtivo. Para atuarem juntos. Produzir riqueza e, ao mesmo tempo, manter a qualidade ambiental deste processo econômico. E aqui em Campinas temos a base que centraliza e organiza os dados obtidos pelos diversos institutos de pesquisa do Brasil e exterior”, explicou.

O Dr. Alexandre Berndt, da Embrapa Pecuária Sudeste, examinou os princípios da emissão de gases por animais criados industrialmente e detalhou os diversos tipos de equipamentos utilizados para a se medir a quantidades destes gases produzidos no rúmen dos bovinos e lançados no ar pelos mesmos rebanhos. “O Agronegócio vem aumentando a produção enquanto diminuem o desmatamento e a emissão de metano e dióxido de carbono. Mas temos que precisar melhor os efeitos das atividades econômicas rurais e isto não é fácil. Os equipamentos vão sendo ajustados, mas temos um longo caminho pela frente”, informou. Ele falou que existem diversas estratégias já usadas no campo para a diminuição da produção de gás metano a partir do rúmen e os produtores têm importante papel neste aspecto. “Os pecuaristas e a indústria estão avançando, investindo em genética, reprodução, manejo de pasto, integrações. Precisamos juntar a isso o clima e as diferentes condições de cada bioma em que a atividade está inserida”, concluiu.

A manhã terminou com o Dr. Fernando Fernandes, da Embrapa Pantanal, tratando dos princípios da dinâmica de carbono no solo.
À tarde, as palestras vão discutir as emissões de óxido nitroso de fertilizantes e resíduos (Dr. Bruno Alves - Embrapa Agrobiologia), planejamento alimentar para bovinos em pastagem (Dr. Felipe Tonato - Embrapa Amazônia Ocidental), cenários futuros para pastagens tropicais (Dr. Patricia Menezes Santos - Embrapa Pecuária Sudeste) e mitigação e adaptação por meio da recuperação de pastagens (Dr. Moacyr Bernardino Dias Filho - Embrapa Amazônia Oriental).

Os eventos são organizados pela Embrapa Informática Agropecuária , Embrapa Gado de Corte (Campo Grande – MS) e Embrapa Pecuária Sudeste, com apoio do Programa Quadro da Comunidade Europeia (FP7), órgão que financia o projeto AnimalChange. Confira a programação do curso e workshop para terça-feira (10 de fevereiro) e quarta-feira (11 de fevereiro):

PROGRAMAÇÃO | PROJETO ANIMAL CHANGE | PRODUÇÃO ANIMAL E MUDANÇAS CLIMÁTICAS
 

* Terça-feira | 10/02/2015

Mitigação e adaptação por meio de sistemas integrados de lavoura-pecuária-floresta - – Dr. Roberto Giolo (Embrapa Gado de Corte)
Mitigação e adaptação por meio de alimentação suplementar e confinamento - Dr. Sérgio Raposo de Medeiros (Embrapa Gado de Corte)
Mitigação por meio do manejo de resíduos - Dr. Ciniro Costa Junior (Woods Hole Research Center)
O desafio de quantificar emissões de gases de efeito estufa nas cadeias de produtos animais - Dr. Anne Mottet (FAO)
Avaliações em escala de fazenda com auxílio do modelo Farm AC - Dr Ib Sillebak Kristensen (Aarhus university)
Estudos em escala regional - Dr. Rafael de Oliveira Silva (Scotland's Rural College)

* Quarta-feira | 11/02/2015

Viagem Campinas – São Carlos
Projeto Pecus - Visita aos experimento de campo da Embrapa Pecuária Sudeste
Dr. Alexandre Berndt, Dr. José Ricardo Pezzopane e Dra. Patricia Perondi Anchão Oliveira (Embrapa Pecuária Sudeste)

Fonte: Redação Aveworld | Beefworld | Porkworld

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Receba FREE a Revista on-line e a Newsletter Semanal
Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira