PorkWorld - O Mega Portal da Suinocultura Brasileira

Luiz Prates estará no 13º Seminário Internacional da Agroceres PIC

Inovação, gestão e competitividade estarão em foco na palestra de Prates...

Quarta-feira, 27 de Junho de 2018 às 09h59

Luiz Prates estará no 13º Seminário Internacional da Agroceres PIC

Em uma era marcada por frequentes transformações, nutrir a cultura da gestão da inovação é primordial para a competitividade das empresas suinícolas. Tema será abordado pelo sócio da Falconi Consultores de Resultado, Luiz Roberto Prates, especialista em gestão de projetos, soluções estratégicas e inovações para o agronegócio.

A combinação entre inovação tecnológica e adoção de modernos conceitos de gestão tem funcionado como um importante propulsor da suinocultura brasileira. Foi sustentado por essa premissa que o setor conseguiu vencer desafios e elevar seus padrões de eficiência e produtividade, firmando-se como um dos mais competitivos jogadores do mercado suinícola mundial. Vivemos, no entanto, uma era de frequentes mudanças, que progridem a uma velocidade, amplitude e profundidade sem precedentes, exigindo das empresas a capacidade de inovar sempre.

Para Luiz Roberto Prates, sócio da Falconi Consultores de Resultado, neste “novo mundo”, qualquer organização – e, por extensão, seus processos, produtos e serviços – precisa ser periodicamente reprojetada, tendo em vista sua nova função e as demandas evolutivas do mercado. “Essa é a essência da gestão da inovação. As organizações devem inovar constantemente”, diz.  

A importância da criação da cultura da gestão da inovação entre as empresas suinícolas será o ponto central da apresentação de Prates no 13º Seminário Internacional de Suinocultura Agroceres PIC, que acontece entre os 8 e 10 de agosto, no Club Med Rio das Pedras, em Mangaratiba (RJ). Consultor na Falconi há mais de 20 anos, Luiz Roberto Prates é especialista em gestão de projetos, soluções estratégicas e inovações para o agronegócio.

Na entrevista a seguir, o especialista dá uma ligeira prévia dos temas que abordará no Seminário da Agroceres PIC. Confira.

O que as empresas precisam ter em perspectiva para criar e cultivar uma cultura da “gestão da inovação”?

Luiz Roberto Prates - Primeiramente, é essencial que a alta direção tenha a “inovação” entre as suas estratégias de sobrevivência e crescimento. Uma vez que a estratégia tenha sido definida, faz-se necessário desdobrá-la em ações táticas para induzir a criação e cultivo da cultura de inovação. As ações táticas mais eficientes são, primeiro, definir metas para inovação, tais como porcentagem da receita proveniente de novos produtos, índice de melhoria dos resultados de processos críticos, criação de patentes. Segundo: implementar um processo interfuncional de desenvolvimento e melhoria de produtos e processos (squads por projeto). E terceiro, implementar um processo de pesquisa de novas tecnologias no ecossistema para incorporação nos produtos e processos da empresa.

Vivemos uma era de frequentes mudanças, que progridem a uma velocidade, amplitude e profundidade sem precedentes. A questão para todas as indústrias e empresas, sem exceção, parece não ser mais ‘se haverá ruptura’, mas ‘quando ocorrerá a ruptura’ e como ela a afetará. Na opinião do senhor isso aumenta a importância da execução de um sistema de inovação entre as empresas? 

Luiz Roberto Prates - Certamente, os avanços tecnológicos estão espalhados por todo o mundo e faz-se necessária a criação de um ecossistema de empresas para promover a troca de conhecimentos num ambiente de “give back”. As empresas bem-sucedidas serão aquelas que conseguirem melhor “orquestrar” a adoção de novas tecnologias nos seus processos internos.

A suinocultura brasileira é altamente dinâmica. Uma atividade em constante evolução que precisa ser melhor a cada dia. De que forma um sistema de gestão de inovação pode ajudar os suinocultores a manter ou até elevar sua competitividade?

Luiz Roberto Prates - Um sistema é um conjunto de partes interligadas que tem uma determinada função; no caso, a função é inovar. Para os suinocultores, que têm que lidar, constantemente, com recorrentes pressões internas (como gerenciamento de custos, atualização tecnológica, planejamento de produção) e externas de seu negócio (como as crescentes exigências ambientais, sanitárias, de segurança alimentar e bem-estar animal), exercitar a cultura da inovação é essencial não só para entender todas essas demandas, mas principalmente para responder a cada uma delas com eficiência. Um produto inovador é aquele que atende plenamente às necessidades do consumidor e gera valor para a empresa. A criação de um sistema de gestão da inovação envolvendo os diversos “players” da cadeia da suinocultura e as suas respectivas atividades e responsabilidades é fundamental para a evolução do setor. A integração entre as partes propiciada por um Seminário como o da Agroceres PIC é uma prática importante para promover esta evolução.

Serviço

13º Seminário Internacional Agroceres PIC de Suinocultura

Data: 08 a 10 de agosto de 2018

Local: Club Med Rio das Pedras, em Mangaratiba (RJ)

Realização: Agroceres PIC

Informações

Telefone: (19) 3526-8605, com Gabriela Beloto

E-mail: gabriela.beloto@agroceres.com

Site: www.agrocerespic.com.br

Fonte: Agroceres PIC

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Receba FREE a Revista on-line e a Newsletter Semanal
Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira