PorkWorld - O Mega Portal da Suinocultura Brasileira

Seminário da Agroceres PIC mostra uma suinocultura cada dia mais forte

Os empreendedores e gestores da cadeia produtiva da carne suína serão cada vez mais instados a enfrentar demandas de competitividade

Quarta-feira, 8 de Agosto de 2018 às 20h27

Seminário da Agroceres PIC mostra uma suinocultura cada dia mais forte
Seminário da Agroceres PIC mostra uma suinocultura cada dia mais forte
Seminário da Agroceres PIC mostra uma suinocultura cada dia mais forte
Seminário da Agroceres PIC mostra uma suinocultura cada dia mais forte

A 13ª edição do Seminário Internacional de Suinocultura da Agroceres PIC, também marca seu 24ª aniversário. O evento acompanhou a evolução do setor, se em 1994 apontava números como granjas com 20 desmamados porca/ano, em 2018 se rende a incrível Camborough, a matriz comercial mais utilizada no mercado internacional, uma fêmea de fácil manejo e altíssima eficiência na reprodução, podendo ser inseminada abaixo de 210 dias de idade e elevada taxa de parto. No México registrou a marca de 34,6 desmamados/porca ano no primeiro semestre deste ano.

Com o tema “Inovar para crescer. Gestão para vencer”, o Seminário Internacional acontece entre os dias 08 e 10 de agosto, no Club Med Rio das Pedras, em Mangaratiba (RJ). Nesta edição, serão, ao todo, dez apresentações direcionadas a um público estimado de 400 participantes, formados por empresários, suinocultores, técnicos e dirigentes de agroindústrias, cooperativas e associações, que juntos, representam um plantel de 1,2 milhão de fêmeas alojadas, o equivalente a 75% do total de matrizes tecnificadas do Brasil.

Durante a abertura do evento, o diretor Superintendente da Agroceres, Alexandre Rosa, pontuou que os próximos anos serão desafiadores, mas de férteis oportunidades para a suinocultura brasileira. “Quando se olha para o futuro da suinocultura observa-se um cenário rico em oportunidades e ao mesmo tempo, de intensas mudanças e avanços tecnológicos. O que está no horizonte próximo é uma suinocultura pautada por tecnologias de ruptura, crescimento sustentável da produção, consumo consciente, efervescência nas indústrias e serviços de alimentação, acesso a novos mercados internacionais. Tudo sob o primado absoluto da eficiência e de valores humanistas, sinalizando que essa nova era tem tudo para tornar a suinocultura mais próspera e alentadora em oportunidades, embora mais complexa e plural nos seus desafios.

De acordo com Rosa, os empreendedores e gestores da cadeia produtiva da carne suína serão cada vez mais instados a enfrentar demandas de competitividade, seja por concorrência ou brechas de crescimento. Também serão estimulados a fazer uso de novas tecnologias, para alavancar resultados por meio da inovação. E mais: terão de instrumentalizar novos modelos administrativos para reintegrar os avanços da tecnologia com os conceitos, técnicas e ferramentas de gestão. “A suinocultura brasileira, seus empreendedores e profissionais, sempre deu mostras de sobra de que está preparada para superar mercados desafiadores e construir oportunidades de crescimento em todo tipo de cenário. Basta recordar a história recente do setor e os momentos críticos que viveu, sempre superados com tecnologia, ganhos de escala e evolução nos modelos de negócios”, afirma o executivo.

Para o executivo a suinocultura está cada dia mais forte e competitiva, e cresce para além da demanda de produção, atingindo fortemente os setores de nutrição, genética, automação e o marketing. “E assim a Agroceres PIC vem nos últimos 41 anos trazendo sempre inovação, tecnologia, qualidade e apoio ao suinocultor”, salientou.

Fonte: Revista PORK

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Receba FREE a Revista on-line e a Newsletter Semanal
Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira