PorkWorld - O Mega Portal da Suinocultura Brasileira

Suíno Vivo: cotação permanece estável, à espera das bolsas e cooperativa

A cotação do suíno vivo, à espera da divulgação das Cooperativas e das Bolsas de Suínos, permanece estável nas principais praças...

Terça-feira, 5 de Dezembro de 2017 às 09h36

Suíno Vivo: cotação permanece estável, à espera das bolsas e cooperativa

O indicador do Suíno Vivo Cepea/Esalq, referente à sexta-feira (1), destaca alta de 0,30% no Rio Grande do Sul, a R$3,39/kg. Por sua vez, Santa Catarina registra queda de -0,86%, a R$3,45/kg e São Paulo, queda de -0,25%, a R$4,04/kg. As demais praças se mostram estáveis. Os preços do milho, um dos principais insumos para a suinocultura, apresentaram queda no mês de novembro, como constatou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP. Este cenário se deve a um menor ritmo de exportações do cereal nas últimas semanas e a um maior interesse interno de venda. Contudo, o ritmo de negócios ainda é lento, já que os vendedores voltam às atenções para a nova safra.

Exportações - Em novembro, o Brasil exportou 45,8 mil toneladas de carne suína "in natura", totalizando US$110,7 milhões, segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Este total representa uma queda de -21,4% em quantidade e de -27,6% em valor em relação ao mesmo período do ano passado.

Fonte: Notícias Agrícolas

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Receba FREE a Revista on-line e a Newsletter Semanal
Ave World - O Mega Portal da Avicultura Brasileira