Duas receitas: Canjica de Milho verde e Bolo do Bagaço do Milho

0
1994

Canjica de milho verde, Curau de milho, Mingau de milho, enfim, são tantos nomes que podem definir essa maravilha tão simples de fazer e tão deliciosa. No Nordeste, chamamos de Canjica e fazemos na versão doce e salgada também. Tem sabor da roça, daquelas comidinhas que a gente faz no fim de uma tarde chuvosa para trazer conforto. Mais gostoso ainda, se for no fogão a lenha. Esse é o meu jeito de preparar, bem raiz, só faltou o milho ser “ralado” rsrsrs…E que tal aproveitar o bagaço do milho para fazer um bolo de milho de liquidificador bem prático e gostoso? Isso mesmo, aproveitar bem os alimentos é essencial. Além do bagaço do milho, a gente já usa também o coco ralado que usamos para extrair o leite, e fazemos duas receitas maravilhosas!

Duas receitas: Canjica de Milho verde e Bolo do Bagaço do Milho

Receita por minhacozinhadeamor

Receitas com milho verde tem sabores da roça: simples e deliciosos. Siga o passo a passo e veja o vídeo das receitas também.

Ingredientes

  • CANJICA DE MILHO VERDE
  • 6 espigas de milho verde;

  • Meia xícara de açúcar;

  • 2 xícaras de leite de coco;

  • 5 xícaras de leite integral;

  • 1 colher (café) de sal;

  • 1 pau de canela;

  • Canela em pó a gosto.

  • BOLO DO BAGAÇO DO MILHO
  • 1 xícara do bagaço do milho;

  • 1 xícara de flocão de milho;

  • 3 ovos;

  • Meia xícara de óleo;

  • 1 xícara de açúcar;

  • 1 pitada de sal;

  • 1 xícara de leite integral;

  • Meia xícara de coco fresco ralado;

  • 1 colher (sopa) de fermento em pó.

Modo de preparo

  • *PREPARO DA CANJICA: Descasque o milho e retire os grãos da espiga com o auxílio de uma faca (no vídeo da receita mostro como faço). Lembrando que a quantidades de líquidos nessa receita pode variar de acordo com a qualidade do milho, portanto, fique atento. O que eu usei não era tão verdinho, já estava mais firme, por isso rende mais e pega mais líquidos. Se estiver bem verdinho, mais moles os grãos, pegará menos leite, porque não engrossa muito.
  • No liquidificador, coloque os grãos de milho (medi e deu 4 xícaras), junte 4 xícaras de leite e o leite de coco. Se o milho for verdinho vá colocando o leite aos poucos, pode ser até menos nesse início. Bata por uns 6 minutos, até ficar uma massa lisinha para aproveitar bem.
  • Passe esse líquido numa peneira sobre a panela, apertando bem e reserve o bagaço do milho, com ele você pode fazer o bolo. Junte o açúcar, o sal e o pau de canela e leve ao fogo.
  • Mexa sem parar. Quando começar a engrossar parece que vai empelotar tudo, é assim mesmo, só não pare de mexer. Quando começar a ferver, você vai perceber se vai pegar mais leite, como foi o meu caso que o milho era mais firme, ou não. Deixe a canjica cozinhar bem, pelo menos uns 15 minutos.
  • Prontinha, sirva ainda quentinha polvilhada com canela, se gostar. Ou coloque pra gelar e sirva a canjica de corte. É uma questão de gosto.
  • *BOLO DO BAGAÇO DO MILHO: No liquidificador coloque o bagaço do milho, os ovos, o leite, o açúcar, a pitada de sal e o óleo. Bata por 5 minutos.
  • Junte o flocão e o coco ralado (aqui usei o coco que havia usado para extrair o leite para a canjica) bata só até misturar bem. Com uma colher, misture o fermento em pó.
  • Coloque na fôrma untada e polvilhada com fubá, ou trigo e leve ao forno preaquecido a 200 graus por uns 35 minutos. Depende de cada forno.
  • Saindo do forno, deixe esfriar um pouco, desenforme e aproveite com um café quentinho.

Vídeo da receita

Notas

  • A quantidade de leite depende do milho se está mais verdinho/mole, ou mais firme. Além disso, depende se você gosta da canjica mais cremosa ou mais firme. Eu adoro que fique firme ao esfriar, para comer em pedaços.
  • Assista o vídeo lá no YouTube e venha fazer parte da cozinha, ficarei muito feliz.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 11

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Deixe uma resposta